Vídeos

José Manuel Pureza (Deputado e Vice-Presidente da Assembleia da República) visitou a USF de Condeixa, tendo reunido com a Dra. Rosália Perreira (Coordenadora da USF) e a Dra. Carla Silva. "O SNS é a base da nossa democracia!", afirmou José Manuel Pureza e destacou o excelente trabalho dos profissionais desta USF perante as dificuldades existentes na contratação de mais recursos humanos. (Video feito por Ricardo Martins).

Resoluções Mesa Nacional

Notícias

O deputado do BE, José Manuel Pureza esteve, hoje, numa iniciativa da Comissão Coordenadora Distrital de Coimbra (CCDC do BE) sobre a Ferrovia. Também estiveram: Rui Curado Silva (candidato do BE à CM da Figueira da Foz), João Rui Mendes (candidato do BE à CM da Montemor-O-Velho), Manuela Nobre Rodrigues (candidata do BE à AM de Cantanhede) e José João Lucas (membro da CCDC do BE). 

"A Ferrovia é uma arma poderosa para combater as alterações climáticas", disse Rui Curado Silva. "O BE estará muito atento aos novos passos da elaboração e da discussão pública do Plano Ferroviário Nacional e quer ser interveniente ativo na sua concepção, programação e redação final." afirmou José João Lucas. 

No dia 29 de maio (sábado), vai haver uma sessão via zoom "A Comuna de Paris (1871-2021): 150 anos depois', promovida pela Comissão Concelhia do BE de Coimbra, entre as 15h e as 17h30, que contará com intervenções de Fernando Rosas (Historiador - 'A Comuna de Paris (março-maio de 1871): contexto histórico, desenvolvimento e projeção no futuro') e de Mariana Carneiro (Socióloga - 'A intervenção das mulheres na Comuna de Paris (1871)", seguida de Debate. 

Minuta da Ata n.º 24 Reunião on line da Comissão Coordenadora Concelhia de Coimbra (CCCC) 12 de abril de 2021 ・21H15

Estiveram presentes: António José André, António Marinho, Helena Loureiro (em substituição de Serafim Duarte que justificou a falta por motivos familiares), José João Lucas, Manuela Rodrigues, Mariana Garrido e Sandra Silvestre.

A Ordem de Trabalhos foi a seguinte: 1. Informações 2. Aprovação das atas anteriores 3. Iniciativas temáticas.

No dia 28 de março de 2021. a Comissão Concelhia de Coimbra do BE divulgou um Comunicado em que manifesta a sua preocupação pela intervenção de “limpeza” efetuada pela C.M.C. na margem direita do Rio Mondego (entre a Portela e o Rebolim).

Minuta da ata n.º 19

Reunião on line da Comissão Coordenadora Concelhia de Coimbra (CCCC)

15 de fevereiro de 2021 21H15

Estiveram presentes: Ana Rita Brito, António José André, António Marinho, José João Lucas, Manuela Rodrigues, Sandra Silvestre (em substituição de Álvaro Miguel Simões, que justificou a falta por motivos profissionais) e Serafim Duarte. Esteve presente sem direito a voto Helena Loureiro. Esteve também presente Catarina Agreira, aderente, a seu pedido.

Ata n.º 18 [reunião extraordinária]

Tema: Situação social na sequência da pandemia

Reunião on line da Comissão Coordenadora Concelhia de Coimbra (CCCC)

8 de fevereiro de 2021 21H15

Presentes (membros da CCC, suplentes e convidados/as): António José André, António Marinho, Helena Loureiro, José João Lucas, Manuela Rodrigues, Marcela Uchoa, Mariana Garrido, Natércia Coimbra, Sandra Silvestre, Serafim Duarte e Paulo Anjos (convidado).

Contributos do Paulo Anjos, Associação Existências[1] e dos/as presentes

[1] A Associação Existências é uma associação de solidariedade social com base em Coimbra, que se dedica à intervenção social e comunitária e à promoção e prestação de cuidados de saúde junto de pessoas utilizadoras de drogas, de trabalhadoras/es do sexo ou mulheres e homens prostituídas/os e de pessoas em situação de sem-abrigo.

15 de março - 21h15

Reflexão sobre 'Educação e Escolas em tempo de pandemia" com Dr.ª Isabel Veiga Simão, Dr. Nuno Dias

e Dr. João Sá

 

22 de março |- 21h15

Reunião da Comissão Coordenadora Concelhia

de Coimbra do BE 

Opinião

De todas as razões aduzidas para a esquerda viabilizar um orçamento assim, só há uma que sobrevive às anteriores observações: o cálculo de custos eleitorais

A revelação dos Pandora Papers, com um manancial de informações sobre o uso de offshores para práticas de evasão fiscal e de lavagem de dinheiro, foi recebida em Portugal com generalizada apatia