Opinião

Esse universo de justaposição entre o opaco do futebol e o opaco do sistema financeiro tem sido uma espécie de dark web impenetrável.

A primeira é a de aprovar a integração da CPAS na Segurança Social, como forma de garantir os direitos de todos/as sem esperar por qualquer turbulência que os faça perigar. A segunda é a de pôr já em marcha a criação de mecanismos de estabilidade e de garantia dos direitos criados pelas carreiras contributivas mais ou menos longas de muitos/as advogados/as no quadro da CPAS.